A grife Patbo veio com coleção rústica, voltada às mulheres mais maduras e decididas

Para quem esperava muito bordado, carro chefe da estilista Patricia Bonaldi, se surpreendeu nesta noite da semana de moda paulista. A artista se inspirou no rústico, utilizando cordas, franjas, materiais trabalhados com tweed, dando uma versão mais cool aos modelos que traçaram a fama da renomada estilista.

Patrícia se inspirou nos Vikings, escandinavos nômades por natureza, reflexo da mulher moderna, que muda, se transforma e se reinventa a todo momento.

Com essa linha de transformação, Patrícia trouxe em voga a mulher madura. Deixando de lado o visual menininha, ela propôs um estilo feminino de quem sabe o que quer e como quer.

Sem bordados e decorações excessivas, a estilista mostrou tweeds, referência as peles e capas utilizadas pelo povo nômade, e utilizou as famosas tranças vikings para contar um pouco dessa história. A alusão ao povo que vive em mudanças se dá também em seus “eus interiores”, a mulher do século atual é realmente uma metamorfose ambulante.

Esse universo rústico exposto surgiu segundo Patrícia de um conjunto de tweeds e penas que já possuia. Peças foram surgindo, cordas viraram cintos e as cores como o preto, verde, dourado, azul e laranja deram o frisson à coleção. Quem não teve a oportunidade de ver isso de perto vale a pena conferir.

Artigos Relacionados