Presidente Figueiredo: Curtir o Feriado nas “Terras das Cachoeiras”

Pertinho da capital do Amazonas, Presidente Figueiredo, desponta como um dos principais destinos de ecoturismo e turismo de aventura da região.  Não é a toa que o município, localizado no baixo rio Negro, a 130 km de Manaus, é conhecido como a “Terra das Cachoeiras” pela farta oferta de banhos, selva, grutas, cavernas e, obviamente, de quedas d´água.

Já foram catalogadas mais de 100 cachoeiras de diversos tamanhos e formatos, além de corredeiras. A maioria dos atrativos possibilita a prática de esportes radicais e de aventura como rafting, bóia cross, caiaque, tirolesa, rapel, espeleologia, arvorismo e trilhas na selva. O lago da hidrelétrica de Balbina também tem aproveitamento turístico.

A cidade tem cerca de 33 mil habitantes e boa oferta de hospedagem e restaurantes. Os principais atrativos oferecem infraestrutura completa, entre eles, a Cachoeira do Berro D´Água, o Complexo Turístico Iracema Falls, a Cachoeira dos Pássaros e o Parque do Urubuí. O turismo de aventura é o forte dos atrativos locais. O município já é destino dos manauaras durante o fim de semana e feriados, além dos turistas ávidos por roteiros de selva.

A BR-174, que corta a selva amazônica, é a principal rodovia de acesso, sendo responsável por interligar Presidente Figueiredo à Manaus; Boa Vista, capital de Roraima; e ao município fronteiriço de Santa Elena de Uairén, na Venezuela.

No Centro de Atendimento ao Turista (CAT), localizado na entrada da cidade, o visitante encontra uma exposição de fotos das belezas naturais da região que ajudam na escolha do que ver e fazer em Presidente Figueiredo.

Antes de iniciar qualquer passeio, não se esqueça de contratar um guia e de pegar um mapa com a localização de todas as atrações do município. Conheça alguns dos atrativos de Presidente Figueiredo. São opções para o visitante de um fim de semana ou feriado prolongado no município.

Estrada de Balbina, AM-240

  • Caverna do Maroaga – Km 07;
  • Cachoeira Berro D’água – Km 11;
  • Reserva Particular do Patrimônio Natural Santuário, com tirolesa e trilhas – Km 12;
  • Cachoeira da Porteira – Km 13;
  • Cachoeira dos Pássaros – Km 13; e
  • Cachoeira Pedra Furada – Km 57.

Caverna do Maroaga – Km 07 | Visita somente com guia de turismo.

Cachoeira Berro D’água – Km 11 | Possui restaurante e hospedagem.

Reserva Particular do Patrimônio Natural Santuário – Km 12 | Possui restaurante, hospedagem, turismo de aventura (Tirolesa) e trilhas.

Cachoeira da Porteira – Km 13 | Somente atrativo natural e local para camping.

Cachoeira dos Pássaros – Km 13, mais 02 km de ramal | Possui restaurante e turismo de aventura(Tirolesa).

Cachoeira Pedra Furada – Km 57 | Somente atrativo natural.

BR–174

  • Reserva Particular do Patrimônio Natural da Onça – Km 108;
  • Fazenda Santa Marta – Km 110;
  • Igarapé do Lajes – Km 113;
  • Complexo Turístico Iracema Falls – Km 115; e
  • Comunidade Boa Esperança – KM 120 com corredeira, Lagoa Azul, cachoeiras, caminhada e trilhas na floresta.

Reserva Particular do Patrimônio Natural da Onça – Km 108 | Cachoeira, trilhas identificadas, auditório para eventos e restaurante.

Fazenda Santa Marta – Km 110 | Possui corredeira pequena e local para pernoite.

Igarapé do Lajes – Km 113 | Possui corredeiras e local para pernoite.

Complexo Turístico Iracema Falls – Km 115 | Possui restaurante, hospedagem, cachoeira e grutas.

Comunidade Boa Esperança – KM 120, mais 06 Km de ramal – Turismo Rural | Possui corredeira, lagoa (Lagoa Azul), cachoeiras, visita a plantação de hortaliças, caminhada e trilhas na floresta.

Parque do Urubuí | Localizado na cidade. Possui corredeiras, restaurantes, café regional, lojas de artesanatos, hotel, pousada, lanches e quiosques. Além de atrativos de aventura (Tirolesa e Boia-Cross) e palco para eventos locais.

Beleza Amazônica

Nos dois roteiros o visitante vai deparar com imponentes paredões de pedra, solo com raízes e folhagens típicas da floresta úmida e águas correntes de cor âmbar. O cenário distingue as cachoeiras e grutas de Presidente Figueiredo de atrativos similares localizados em outras regiões do país. O ambiente de selva é único. A beleza e o encanto vêm do aspecto selvagem e da sensação de isolamento proporcionada pelo ambiente natural da Amazônia. Os atrativos, encravados nas rochas milenares estão cercados pelo verde intenso da floresta. O visitante tem a sensação de estar perdido em um oásis no meio da maior floresta tropical do mundo.

História

O território de Presidente Figueiredo pertencia originalmente aos municípios de Novo Airão e Itapiranga. Os primeiros assentamentos populacionais nesses polos datam de 1657, para o local onde hoje é o município de Manaus, e 1668, onde hoje fica Novo Airão. Em 10 de dezembro de 1981, por meio da Emenda Constitucional n° 12, foi criado o município de Presidente Figueiredo, com territórios desmembrados de Novo Airão (sua parte no extremo leste, limítrofe a Manaus) e de Itapiranga (Vila e arredores de Balbina), bem como áreas adjacentes de Silves e Urucará.

A instalação do município efetivou-se com as eleições gerais de 1982 e, consequentemente, com a posse do prefeito e vereadores em janeiro de 1983. O nome do município é uma homenagem ao ex-presidente da província do Amazonas na Colônia Imperial, João Figueiredo.

Acesso

O município de Presidente Figueiredo fica a 107 quilômetros de Manaus, por meio de rodovia asfaltada, a BR-174. Tal rodovia também faz ligação com a capital roraimense, Boa Vista, e liga o Brasil à Venezuela.

Curiosidade

O nome do município é uma homenageia a João Batista de Figueiredo Tenreiro Aranha, primeiro presidente (antigo governador imperial) da província do Amazonas. O então presidente da República, João Batista de Oliveira Figueiredo, teria rejeitado a homenagem quando o município foi criado em 10 de dezembro de 1981. A instalação efetivou-se com as eleições gerais de 1982 e posse do prefeito e vereadores em 1983.

Entretenimentos

Festa do Cupuaçu

Os artesãos oferecem aos visitantes a apreciação da arte e da degustação das propriedades do fruto. Paralela à festa do cupuaçu é organizada a feira da agroindústria, que objetiva divulgar novas tecnologias para o segmento rural. Essa oportunidade viabiliza aos empreendedores excelentes negócios, fomentando o mercado local, bem como a interação entre produtores.

Festival Folclórico

O festival folclórico de Presidente Figueiredo valoriza as tradições, crendices e superstições populares, que se transmitem por meio de lendas, contos, provérbios, canções, danças e outras atividades culturais que nasceram e se desenvolveram com o povo.

As danças apresentadas durante o Festival Folclórico expressam uma grande variedade de ritmos, como música indígena, xote, baião, xaxado, frevo, carimbó, quadrilha, entre outros. A cultura folclórica de Presidente Figueiredo surge por meio do contato entre culturas distintas, das migrações e dos meios de comunicação.

Festa do Tucunaré

A festa acontece na Vila de Balbina durante o mês de novembro, quando é ressaltado o pescado da região, por meio de concursos de pescaria, gastronomia e escolha da rainha do lago. São dois dias de festa nos quais a cultura local é amplamente divulgada entre os moradores e turistas.

Foto:Embratur

Foto: divulgação

Fonte: http://manausagil.com/

 

 

Artigos Relacionados

Rodrigo Valle