Eataly recebe Bela Gil para último jantar beneficente do ano em prol da ONG Casa Chama 

O centro gastronômico dá continuidade em projeto que tem como objetivo fortalecer a instituição que trabalha pela causa trans, apresentando uma série de ações internas e externas

No próximo dia 17 de novembro, às 19h, o Eataly — maior complexo de gastronomia italiana do Brasil — apresentará um jantar especial com chefs convidados, que terá todo o lucro arrecadado com os ingressos destinado à ONG Casa Chama, cuja atuação sociopolítica e cultural visa garantir emancipação, valorização e qualidade de vida para a população trans.

O jantar acontecerá no restaurante Brace Bar & Griglia — localizado no mezanino do complexo — e será assinado pela chef da casa Beatrice Miranda e pelos chefs convidados Bela Gil, Aline Guedes e Thales Alves, além da Chef Bel Coelho, curadora dos jantares e parceira do Eataly no projeto, sendo apoiadora da Casa Chama e entusiasta da causa. Os ingressos já estão disponíveis para compra pelo site Sympla pelo valor de R$485.

O menu do jantar será de cinco tempos e harmonizado com rótulos de vinhos italianos, sendo o aperitivo preparado por Beatrice Miranda, a entrada por Bela Gil, o primeiro prato por Aline Guedes, o segundo prato por Beatrice Miranda e a sobremesa por Thales Alves. Aproveitando a ocasião, a Casa Chama lançará a segunda edição de seu calendário trans para o ano de 2023, com fotografias assinadas pelo renomado fotógrafo Bob Wolfenson.

“Essa parceria com o Eataly é para a Casa Chama e para a comunidade trans como um todo um respiro de esperança em um mundo transfóbico. Não se trata de um acesso pontual aos nossos corpos e vivências, com o intuito de usufruir de nossos conhecimentos e, a partir daí, romper o relacionamento. O que o Eataly faz — trazendo uma parceria que perdurará por todo o ano — é um exemplo de que é possível causar um impacto significativo se houver um pouco de boa vontade e de interesse em contribuir na construção de uma sociedade mais justa”, afirma Matuzza Sankofa, fundadora da Casa Chama.

Desde a sua criação, ainda em Turim na Itália, a marca Eataly traz como parte de seu manifesto a ideia de que seu público-alvo engloba a todos e que todos são bem-vindos e acolhidos de maneira igualitária dentro dos espaços da empresa. Seguindo esse ideal, o Eataly São Paulo vem expandindo suas iniciativas de apoio à diversidade desde sua inauguração, em 2015. Neste ano, o complexo trabalha com o objetivo de potencializar o trabalho da ONG Casa Chama que, por falta de recursos, enfrentou sérios momentos de crise nos últimos dois anos, correndo o risco de fechar suas portas em diversas ocasiões. Até o momento, o Eataly propiciou a arrecadação de R$86 mil para a ONG, fruto de jantares beneficentes anteriores, que contaram com a participação de grandes nomes como Paola Carosella e Rodrigo Oliveira.

“A diversidade é uma questão fundamental para o Eataly. Encontrar a Casa Chama e a energia transformadora de seus líderes, Digg e Matuzza é um aprendizado diário de como podemos nos transformar e caminhar com união, por uma sociedade cada vez mais diversa e igualitária. A Casa Chama proporciona ao Eataly um exercício interno como organização para fortalecer a diversidade dentro do nosso organograma. Essa parceria nos dá a alegria de oferecer workshops de cozinha e empreendedorismo para a ONG — visando inserção no mercado de trabalho e inclusive no próprio Eataly”, comenta João Jaeger, Gerente de Marketing do Eataly Brasil.

A parceria entre Eataly e Casa Chama se estenderá por todo o ano de 2022 e, além da arrecadação de fundos através de jantares beneficentes, também já incluiu a organização de workshops de gastronomia e empreendedorismo para participantes e beneficiários da ONG, ministrados por colaboradores do complexo. O Eataly ainda está abrindo vagas exclusivas para empregar 25% dos participantes destes workshops. O centro gastronômico também vem organizando momentos de sensibilização de seu staff através de encontros com representantes da Casa Chama e o setor de Recursos Humanos trouxe como foco neste ano fortalecer a diversidade no seu quadro de colaboradores, expandindo oportunidades para a comunidade trans.

Artigos Relacionados