Em tempos de crise, qual é o melhor destino para as férias?

17610755
Maragogi, em Alagoas, é uma boa opção no Nordeste Foto: Luiz Eduardo Vaz / Divulgação

Não é preciso rios de dinheiro para viajar — que digam os mochileiros que percorrem a América do Sul sem um tostão no bolso. Como você provavelmente não quer trabalhar em albergue para pagar a sua estadia, como vários deles fazem, fique atento: o grau de conforto é um dos principais determinantes do custo da viagem. Ainda assim, não é o principal. O destino escolhido é o fator mais importante nesse sentido. Explica-se: o mesmo dinheiro gasto em um hostel mixuruca em Londres paga um bom hotel em Lisboa ou um ótimo hotel e outras regalias no Vietnã, e a mesma lógica se aplica a outros gastos do dia a dia do turista.

Como poupar para viajar nas férias

Nessa época de crise, muitos brasileiros estão optando por passar as férias dentro do país. Assim, economiza-se na passagem aérea, por exemplo, principalmente se você fica de olho nas promoções que as companhias fazem aos fins de semana. O Nordeste domina a lista de favoritos, mas pode ser mais interessante fugir de destinos muito turísticos. Que tal João Pessoa, na Paraíba, ou Aracaju, no Sergipe, e outras praias nas costas desses Estados?

Conheça o casal que largou tudo para viajar o mundo em um catamarã

Uma ótima opção é Maragogi, em Alagoas, que conta com belas piscinas naturais — e que ficou em segundo lugar entre os destinos com maior custo-benefício no Brasil em uma pesquisa do site Trivago. O primeiro colocado no mesmo ranking também é uma boa (e diferente) alternativa: Guarapari, no litoral do Espírito Santo. Considere ainda uma passada em Foz do Iguaçu, sempre em promoção nos sites de cupons, com a possibilidade de dar um pulinho na Argentina e no Paraguai na mesma viagem.

Praga, na República Tcheca. Foto: Czech Tourism, divulgação
Praga, na República Tcheca. Foto: Czech Tourism, divulgação

Se a sua praia é o Exterior, a América do Sul é uma boa pedida, especialmente países como ArgentinaUruguaiEquadorColômbiaPeru e Bolívia, repletos de atrações naturais e históricas. Caso você não abra mão do velho continente, opte pelo Leste Europeu, que tem ótimos roteiros em lugares como Polônia e República Tcheca.

Conheça quatro tipos de roteiros pela América do Sul
Os encantos de Colônia do Sacramento, uma joia uruguaia
Colunista do Viagem relata o impacto de conhecer Auschwitz

E que tal sair um pouco do tradicional? Destinos na Ásia também podem oferecer um bom custo-benefício. Talvez você desembolse um pouco mais em passagem, mas os gastos menores no dia a dia compensam. Um caso é o já citado Vietnã, lugar exótico e que conta com uma das Sete Maravilhas da Natureza, a Baía de Halong.

Baía de Halong, no Vietnã. Foto: Roman Lutskin, divulgação
Baía de Halong, no Vietnã. Foto: Roman Lutskin, divulgação

Opções não faltam, é só ver o que cabe no orçamento. E boa viagem!

Fontes: ZHVIAGEM

Por: Priscila De Martini*

Artigos Relacionados