100 gafes que devemos evitar no exterior

Viajar para o exterior sem o devido estudo e planejamento pode muitas vezes ser um verdadeiro desafio, os países possuem costumes e culturas diferentes, o que faz algumas atitudes normais para os brasileiros serem totalmente imperdoáveis para eles. Para auxiliar os internautas de Em Visão reunimos dicas extremamente úteis para os viajantes de plantão. Confira:

Alemanha

Pontos-Turisticos-Berlim-Portao

Os alemães são pontuais em seus compromissos, obedecem rigorosamente a lei e agem com precisão em suas tarefas. Tentar dar uma de esperto e achar que pode jogar bituca de cigarro em qualquer lugar é atrair a antipatia deles.

Alemães, japoneses e outros povos tem um hábito difícil de entender para muitos brasileiros: não confundir relações pessoais com relações de trabalho. A familiaridade de uma festa é logo substituída pelo formalismo e as exigências do trabalho no dia seguinte.

Ficar de costas para uma pessoa num grupo de amigos – ou mesmo ao tentar tomar nosso lugar num cinema ou teatro – é um sinal de descortesia muito grande.

Os alemães costumam dar bronca nas pessoas como se fossem a mãe dela. E o melhor a fazer é não ficar bravo com isso, pois é apenas o jeito deles.

Austrália

belos-pontos-turísticos-na-austrália

A menos que estejam discutindo com alguém, os australianos não costumam falar alto. Para eles, pessoas que falam alto são extremamente mal-educadas.

Outra coisa que os australianos não toleram: toques. Aproximar-se demais e fazer coisas como segurar o braço, encostar a mão no ombro e tocar o peito da pessoa com o dedo ou a mão é totalmente desaconselhável (uma observação: não é diferente na Nova Zelândia, Canadá, Estados Unidos e Reino Unido).

Outra gafe que o deixará em posição desconfortável durante uma conversa: interromper uma pessoa enquanto ela está falando.

É extremamente mal educado chegar atrasado nos compromissos. Os eventos sociais tem hora para começar e para terminar, daí que é aconselhável observar o horário em que eles acabam.

Australianos odeiam pessoas que gostam de ostentar. Falar demais de suas posses ou tentar aparentar ser melhor do que os outros é um pecado gravíssimo nesse país.

Se esbarrar em alguém ou fizer qualquer coisa que desagrade um local, use a palavra mágica “sorry”. Australianos se desculpam por tudo.

Maltratar um animal é um convite para ser linchado. Já jogar papel no chão – ainda que seja no meio do deserto – é um convite para ser deserdado.

Bélgica

2-dia-na-Bélgica-Praça-do-mercado-de-Bruges-515x285

Confundir ou fazer comparações entre valões e flamengos são gafes imperdoáveis. Os habitantes desse país se consideram primeiro valões ou flamengos antes de belgas.

Assim como na Holanda, Alemanha, Reino Unido e outros países, os belgas detestam atrasos. Eles ficarão incomodados se você se atrasar para um compromisso, ainda que seja um atrasinho de cinco minutos.

Fumantes não são bem recebidos em lugar nenhum. Mesmo em locais públicos e abertos, deve-se pedir licença para a pessoa que o acompanha antes de acender um cigarro.

China

102862_Papel-de-Parede-Muralhas-da-China-102862_1600x1200

Piscar para alguém é sinal de indelicadeza e falta de educação.

Chineses não fazem figa com as mãos. Por lá, fazer figa significa mandar alguém “se ferrar”.

Recusar a comida que lhe oferecerem é entendido como um insulto para os chineses.

Olhar fixamente para uma pessoa é uma atitude que deixará o chinês em situação desconfortável. Assim também é no Paquistão, Índia e Bangladesh.

Uma das piores gafes que um brasileiro ou qualquer outro estrangeiro pode cometer na China é comparar chineses com japoneses. Eles odeiam esse tipo de comparação.

Deixar comida no prato é uma desfeita até mesmo nos restaurantes mais movimentados. O melhor é informar que não gosta de determinados tipos de comida.

Dinamarca

foto-galeria-materia-620-sjoz

A placa É PROIBICO FUMAR é encontrada em todos os lugares na Dinamarca. Você certamente não será expulso do restaurante ou bar se acender um cigarro, mas incomodará muita gente.

Olhar para o traseiro de uma mulher, como muitos brasileiros fazem, é considerado um desrespeito extremo. Não só a Dinamarca, mas a maioria dos países desaprova esse comportamento.

Espanha

sagrada-familia-barcelona

Chegar atrasado num encontro é até perdoável (os espanhóis não gostam de apressar as pessoas), mas atrasos longos não são perdoados.

Espanhóis tem o hábito de fazer piada sobre os habitantes de outras regiões do país (os andaluzes, por exemplo, dizem que os catalães são avarentos). O problema é que eles consideram desrespeitoso que um estrangeiro se expresse da mesma maneira. É melhor fazer-se de desentendido.

Pessoas que se vestem com desleixo são muito mal vistas pelos espanhóis. Eles não só reparam como julgam os outros pelo seu modo de vestir.

Os espanhóis sempre oferecem bebida, comida ou cigarro quando deles se servem. A avareza é um comportamento extremamente mal visto.

Estados Unidos

new-york

Nunca fure uma fila. Esqueça também a mania brasileira de guardar lugar na fila para amigos e familiares.

Guardar a mesa com objetos pessoais? Os conterrâneos de Barack Obama odeiam isso! A mania de “reservar” mesas com bolsas, chaves e crachás também não é bem visto nos Estados Unidos.

Se estiver num grupo onde todos estejam conversando em inglês, não é educado falar em outra língua.

Manter distância inferior a 30 centímetros, tocar demais na pessoa e fingir uma intimidade inexistente é considerado falta de educação.

Chamar um garçom ou alguém que esteja prestando um serviço com um assobio ou estalando os dedos é querer chamar a atenção de todos e ser mal visto por isso.

É proibido fumar em locais fechados. Em algumas cidades, é proibido até mesmo na rua.

Finlândia

Museu-Nacional-da-Finlândia-

Elogiar demais o vestuário de uma pessoa, vangloriar-se de seus feitos e falar da vida privada de seu interlocutor são atitudes que desagradam os finlandeses em qualquer conversação.

Entrar numa propriedade particular sem ser convidado incomoda os finlandeses.

França

louvre-museum-paris-france-13-1200x1920_0

Usa palitos de dentes em público é considerado vulgar.

Os franceses não são tão rigorosos nos encontros quanto britânicos e outros europeus. Atrasos de até 10 minutos são tolerados. Mas atrasar-se em demasia é uma atitude imperdoável.

Outra gafe que os franceses odeiam: pedir para levar sobras de refeições para casa.

Comporta-se de modo excessivamente terno com crianças pequenas não é e nunca foi bem visto pelos franceses.

Holanda

c1o2jgdrwu0saol81fibo04nd

Não é difícil irritar um holandês. Basta exagerar na amabilidade, nos elogios e nas propostas gentis.

Holandeses e outros povos do norte da Europa usam poucas palavras e certamente olharão com estranheza quem fala demais (e usa palavrões, vale aqui ressaltar). O que também não pega bem é o excesso na gestualidade.

Outra coisa que irrita os anfitriões holandeses: atrasos nos compromissos. Eles são pontuais e exigem que você também seja.

Índia

India

Jamais fite as pessoas. Encarar alguém é sinal de grosseria nesse país.

Na Índia, no Paquistão, em Bangladesh e em muitos países árabes não se cumprimenta outra pessoa com a mão esquerda. Mesmo se for canhoto, use a mão direita.

Esquecer o “namastê” e cumprimentar uma pessoa com beijinhos significa criar constrangimentos. Na Índia, o simples hábito de tocar demais uma pessoa pode afastar o respeito da população.

Mostrar repulsa frente à pobreza, mendicância e a muitas deformações (coisas que você certamente verá na Índia) pode colocá-lo em embaraços. O mesmo se aplica a comentários sobre a situação econômica e os problemas do país.

Trajes com decotes ou que mostram ombros, pernas e outras partes do corpo geram incômodo na Índia (lembrando que também podem reações semelhantes nos países de maioria islâmica).

A pior gafe que alguém pode cometer na Índia é presentear um local com produtos de pele ou couro. Jamais faça isso.

Fotografar pessoas e, principalmente, lugares de culto sem permissão é outra gafe que deve ser evitada durante a sua passagem pela Índia.

Mesmo coisas simples como oferecer alguma coisa com a mão esquerda não é bem vista. Quando for oferecer ou receber algo, utilize ambas as mãos.

Indonésia

indonesia0101042010112709

Colocar as mãos na cintura é sinal de que você está desafiando a pessoa. Não faça isso.

Consumir bebidas alcoólicas em públicos é o cúmulo da falta de respeito pelos residentes de países de maioria muçulmana como a Indonésia (lembrando que isso pode lhe dar sérios problemas em alguns países).

Andar de mãos dadas com a namorada ou esposa não é muito bem visto na Indonésia.

Irlanda

Dunluce Castle
Dunluce Castle

Os irlandeses são muito francos. A franqueza é muito bem vista no país. Se eles disserem algo que você não gostou, fique na sua.

Assim como ingleses, galeses e escoceses, os irlandeses odeiam atrasos. A pontualidade vale para todos os tipos de encontros, seja para uma cerveja num pub ou um jantar num restaurante.

Itália

italia-1

Pode parecer paradoxal, mas os italianos odeiam quem ostenta demais. Falar sobre suas posses, conquistas e feitos pode não ser legal na terra dos automóveis esportivos de luxo.

Deixar restos no prato, principalmente em jantares em casa de família, não é educado.

Os italianos até que toleram atrasos nos encontros, mas com uma condição: que não sejam demasiadamente longos.

Japão

heian_jingu_shrine_nishi_tennocho_okazaki_sakyoku_kyoto_japan-2

Uma dica para quem pretende estudar em solo nipônico: não interrompa o professor durante a aula, é falta de respeito. Perguntas devem ser feitas após a aula.

Japoneses se reverenciam com um leve inclinar. Nada de beijinhos e abraços. Aliás…

Dar tapinhas nas costas é falta de educação.

Restaurantes não mudam seus pratos ao gosto do cliente. Não adianta insistir.

Nada de jogar embalagens, bituca de cigarros ou qualquer coisa que pretende descartar no chão. Procure uma lixeira.

Em hipótese algum chegue atrasado a um compromisso. O correto seria chegar cinco minutos antes.

Evite entrar na casa de seus anfitriões de sapatos. Essa regra também é válida para alguns restaurantes.

Dizer tim tim (sinônimo de pênis de criança) durante os brindes é o cúmulo da falta de educação. Ao invés disso, diga “kampai”.

Elogiar demais um japonês é considerado feio, hipócrita e falso.

Os japoneses olham feio para quem fala muito alto. Gargalhadas estridentes também não são bem vistas, principalmente de mulheres.

Quer ofender um japonês – principalmente taxista, garçom e outros profissionais? Ofereça uma gorjeta. Gorjetas são confundidas com esmolas e, portanto, consideradas ofensivas.

México

Chichen_itza

Os mexicanos olham feio para quem é pontual demais. Ao contrário de muitos países, eles fazem questão de que você se atrase um pouco nos seus compromissos.

Noruega

tromso

Fumar em locais fechados é extremamente desrespeitoso. Os noruegueses evitam fumar até dentro do carro.

Dar à conversa um tom excessivamente pessoal, falando sobre assuntos íntimos do anfitrião, é desrespeitar a privacidade alheia.

Nova Zelândia

abel-tasman-um-incrivel-parque-nacional-na-nova-zelandia1

Assim como os australianos, noruegueses, suecos e outros povos, o neozelandeses adoram animais. Que maltrata animais é, portanto, muito mal visto nesse país.

Também como os australiano, ele odeiam pessoas que tocam, pegam, grudam demais. Procure manter uma distância de, no mínimo, 30 centímetros do seu interlocutor.

Como em muitos países, a pontualidade também é bem vista por aqui.

Esqueça o jeitinho brasileiro. Os neozelandeses apreciam a honestidade, a lealdade e o fiel cumprimento das regras. Pessoas desonestas correm risco de cair no limbo.

Países árabes

Pacotes-de-viagem-para-Emirados-arabe-Pontos-turisticos-fotos-2

Nunca cumprimente ninguém com beijinhos, como se faz no Brasil.

Casais que demonstram afeto em público não são são mal vistos como podem ter sérios problemas nesses países.

Jamais peça informações a uma mulher sozinha.

Use roupas discretas, de preferência que cubram braços e pernas.

Mulheres que usam roupas sensuais demais não são bem vistas nos países muçulmanos, principalmente árabes.

Mostrar a sola dos pés é considerado um comportamento extremamente grosseiro.

Países como Afeganistão, Paquistão, Egito e Arábia Saudita, entre outros, não apreciam cumprimentos com a mão esquerda. Ela é vista por muitas populações do Oriente Médio e da Ásia Central como impura.

Portugal

Portugal-pontos-turísticos-08

Desrespeitar filas pode causar embaraços em Lisboa e em qualquer outra cidade de Portugal.

Espreguiçar-se em público é um gesto de falta de educação. Se a espreguiçada for à mesa, pior ainda.

Levar vinhos para um anfitrião em Portugal é considerado um insulto.

Reino Unido

Reino-Unido

O nome do país é Reino Unido (United Kingdom). Evite, portanto, usar England ou english nas conversas.

Atrasos são intoleráveis. Evite chegar atrasado nos compromissos. Leve a pontualidade britânica à sério.

Não encoste demais, não fique tocando o seu interlocutor a todo instante e nem dê tapinhas nas costas. Esse comportamento não é bem recebido na Inglaterra, País de Gales e Escócia.

Nunca chame a pessoa por “sir” ou “madam” (apenas os vendedores de lojas e garços usam esse tipo de tratamento com os clientes). É melhor chamá-la de “mister” ou “mistress”.

Mantenha uma certa discrição ao falar de problemas de saúde. Evite conversas sobre religião e política.

Apontar, fazer comentários e principalmente criticar o vestuário alheio é considerado uma grosseria. No Reino Unido, as pessoas podem sair de pijama na rua que ninguém liga para isso.

Estrangeiros falando em voz alta, como se todas as pessoas em volta fossem surdas, incomodam muito os britânicos.

Rússia

Moscou

É falta de educação não deixar casacos e acessórios de frio nas chapelarias. Aliás, convém chamar a atenção para o seguinte detalhe: chapelarias são muito comuns nos estabelecimentos de países de clima frio.

Os russos são extremamente patriotas. Fazer comentários negativos sobre o país e sobre sua relação com o Ocidente é considerado ofensa.

Os russos cospem bastante (ele tem o hábito supersticioso de cuspir três vezes por cima do ombro, por exemplo), mas não veem com bons olhos os espirros.

Deixar restos de comida no prato de seu anfitrião é considerado rude. Eles certamente se incomodarão com isso.

Assobiar para uma mulher bonita é cúmulo da grosseria e desrespeito. Na Rússia, assobia-se apenas para as prostitutas.

Sri Lanka

srilanka

No Sri Lanka e em outros países de maioria budista, é indelicado afagar a cabeça de uma criança com a mão.

Suécia

estocolmo_70

Os suecos consideram mal-educado o sujeito que fura filas ou guarda o lugar para outra pessoa.

Outro gesto que desagrada aos suecos é beber demais. A bebida é, aliás, bastante controlada no país.

Como apreciam muito a natureza, os suecos não gostam de pessoas que maltratam animais. Australianos, neozelandeses, noruegueses, finlandeses e dinamarqueses não são diferentes. Tratar mal um animal é correr o risco de adquirir inimizades.

Quer ser xingado por um sueco? Fácil: é só jogar detritos no chão, ainda que seja a bituca de um cigarro. Os suecos não só mantém as ruas limpas como possuem um grande respeito pelo espaço público.

Suíça

72141_Papel-de-Parede-Vilarejo-de-Graubunden-Suica_1600x1200

Assim como os suecos, os suíços tem um senso de limpeza exemplar. Para atrair o olhar reprovador dos habitantes desse país, basta fazer coisas como jogar papel ou bituca de cigarro no chão. Não limpar o cocô do cãozinho de estimação é outro comportamento altamente reprovável (detalhe: muitas cidades possuem saquinhos para essa finalidade junto às lixeiras).

Tailândia

tailandia_1-1764x700

Fazer o sinal positivo com o dedo em países como Irã, Bangladesh e Tailândia significa a mesma coisa que mostrar o dedo médio no Brasil. É ofensa.

O consumo de bebidas alcoólicas é absolutamente permitido na Tailândia. Convém, no entanto, prestar atenção no lugar em que você está. Consumir álcool nas regiões com muitos muçulmanos não é algo aconselhável.

 

Fonte: Guia Curioso do Intercâmbio

Artigos Relacionados