Tabatinga no Estado do Amazonas

Compartilhe nas Redes Sociais
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

faz fronteira com a Colômbia e com o Peru, e fica às margens do Rio Solimões, no oeste do estado. Fundada em 1983, Tabatinga é interligada com a cidade colombiana de Letícia.

Foto: Divulgação

As duas cidades são separadas apaneas por um poste, o que faz com que os habitantes de uma cidade transitem à pé para a outra cidade, como se fossem uma só. O acesso mais usual, é pela Avenida da Amizade.

A região de Tabatinga começou a ser colonizada no século 17, quando jesuitas fundaram uma aldeia. Em 1776 nas proximidades foram estabelicidos um posto militar e um outro fiscal.
Tabatinga não tem acesso por terra a Manaus. Para chegar à cidade, só mesmo por avião ou por barco. A viagem de Manaus a Tabatinga por barco, dura 3 dias. Já a volta dura 7 dias. Por este motivo, a maioria dos produtos de consumo da população, são comprados na vizinha Letícia, que possui preços mais baixos. Os produtos de Letícia são livres de impostos, e são vindos do Canal do Panamá e de Bogotá.
Os preços em Letícia, chegam a ser até 40% mais baixos do que em Manáus. Como por exemplo, os perfumes franceses. Os moradores de Tabatinga também fazem compras em supermercado, lojas de móveis e vestuário em Letícia.
No entanto, no centro de Tabatinga são encontrados principalmente roupas e calçados.
Há também uma grande quantidade de produtos peruanos, vindos da Ilha de Santa Rosa através do Porto de Tabatinga. Próximo ao Mercado Público, peruanos possuem pequenos mercadinhos e quitandas.
A população da cidade é composta de brasileiros, peruanos, colombianos e descendentes de índios, além de uma população rotativa composta de policiais federais, militares, bancários e funcionários de repartições públicas. Há também haitianos que chegaram pela fronteira com o Peru. O hospital da cidade é administrado pelo exército.
Tabatinga possui um Aeroporto Internacional.
—–
O lazer da cidade, inclui boates que tocam ritmos brasileiros como pagode, forró e mpb, música eletrônica, reggaeton e dance, além de músicas dos países vizinhos como a cumbia e o vallanato.
Os bares e restaurantes servem comidas típicas como o cebiche, a arepa e a feijoada, além de bebidas nacionais, colombianas e peruanas como o pisco.
—–

ATRAÇÕES TURÍSTICAS:
ZOOLÓGICO – destaque para tatus, sucuris, macacos, onça-pintada e aves.
BAIRRO COMARA – visão do Rio Solimões e das florestas peruanas, com acesso às aldeias indígenas de Umariaçu I e de Umariaçu II de etnia Ticuna. Do local, às margens do Rio Solimões, pode ser apreciado um por do sol espetacular.
BANHOS DE IGARAPÉ – na estrada Leticia – Tarapacá (Colômbia), e na área rural de Tabatinga. Os clubes com piscinas da cidade também servem para o banho nos dias de calor.
PRAIAS NO RIO SOLIMÕES – durante a vazante do rio. A mais popular é a Praia de Limeira, onde há shows e desfile para a escolha da “Garota Limeira”. Do concurso participam garotas dos 3 países.
PESCA – abundante nos rios da região. Também é possível observar os botos.
REVEILLON – com a tradicional queima de fogos no rio Amazonas ou rio Solimões.
CARNAVAL – desfile das escolas de samba e blocos carnavalescos.
FESTAS JUNINAS – os arraiais começam em e vão até novembro, com comidas típicas, canjica, milho assado, pamonha e doces
DESFILE DE INDEPENDÊNCIA DA COLÔMBIA – em 20 de julho.
CONFRATERNIDADEfestival que acontece na vizinha de Leticia, em homenagem aos 3 países da tríplice fronteira. O festival tem um dia para cada país, com danças, comidas típicas, e apresentações culturais. No dia final é eleita a Rainha do Festival com a disputa das mulheres que representam seus respectivos países.
FESTISOL – é o Festival das Tribos do Alto Solimões. Consiste num grande evento cultural com a disputa entre os adéptos da onça pintada e da onça preta no “Onçódromo”. É um festival similar ao que ocorre em Parintins, com a disputa entre os “bois” Caprichoso e Garantido. No “onçódromo” cada agremiação tenta mostrar o seu melhor quanto a alegorias, coreografias e animação das torcidas para convencer os jurados. Ocorre em setembro.
IGREJA DA MATRIZ – catedral em estilo moderno.

Fonte: MusikaCity

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Open chat
1
Olá!
Bem Vindo a Revista Digital mais querida da Amazônia!
Powered by