Prevenção da Obesidade Infantil

A obesidade infantil é um dos maiores problemas de saúde na atualidade. Várias crianças e adolescentes já estão sendo afetadas pelas complicações como: diabetes mellitus tipo 2, hipertensão arterial, problemas de colesterol e triglicérides, distúrbios do sono e depressão.  Ressaltando que uma criança obesa tem 80% de chance de ser um adulto obeso se não for tratada adequadamente na infância. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), uma em cada três crianças, entre 5 a 9 anos, está acima do peso recomendado pela Organização Mundial da Saúde.

São diversas as causas da obesidade, sendo as principais: má alimentação, fatores genéticos, sedentarismo e distúrbios hormonais.

O tratamento da obesidade infantil requer muita disciplina e força de vontade para mudar hábitos de vida, aumentar atividade física e se alimentar adequadamente. Por isso, a melhor maneira de lidar com essa doença é a prevenção.

A prevenção deve iniciar já na gestação: a gestante deve ter bons hábitos alimentares e evitar excesso de ganho de peso na gravidez. O aleitamento materno é um dos pilares, porque criança amamentada no peito tem menos risco de desenvolver obesidade.

A introdução de novos alimentos na infância também é importante para evitar o excesso de peso. Deve ser incentivada a inclusão de verduras, frutas, legumes, alimentos integrais (arroz, pão, macarrão) e evitar alimentos industrializados. Leites artificiais com excesso de proteínas podem levar à obesidade. Não devem ser utilizados “engrossantes” ou farináceos nas mamadeiras. Evitar fast foods, alimentos congelados, refrigerantes, doces e frituras. Manter refeições fracionadas com intervalos de 3 em 3 horas, evitando tempo prolongado entre as refeições, levando posteriormente comer em excesso na próxima refeição.

Outra medida importante é evitar as refeições na frente da televisão, e diminuir o tempo de permanecia em jogos eletrônicos, tabletes, vídeo games e computadores, evitando o sedentarismo. Incentivar a pratica de atividade física e brincadeiras desportivas como pega-pega, amarelinha, pular corda, esconde-esconde, jogar bola para queimar energia.

Detecção precoce de ganho acelerado de peso é fundamental para prevenção de obesidade. Para isso a criança deve ter um acompanhamento pediátrico de rotina, no mínimo três vezes ao ano, para que o pediatra examine a criança, faça uma investigação sobre os hábitos alimentares e confirme o peso, a estatura e o índice de massa corpórea dessa criança.

Prevenir a obesidade é muito mais eficaz do que remediar.

Encontre

The Placê Business Center 

Rua Belo Horizonte N° 9 

Telefone: 92 3347-5252 

Celular: 92 98413-7199 / 92 98112-4050

Instagram: @dramarianabandeira -CRM: 7036

Artigos Relacionados