Parintins: Um duelo a céu aberto

Parintins nasceu em meio a floresta amazônica, em 1793,  e tem em seu povo uma expressão artística reconhecida mundialmente através da realização do Festival Folclórico. A cidade repousa à margem direita do Rio Amazonas e é conhecida como Ilha Tupinambarana, uma homenagem aos seus povos, que por décadas, enraizaram sua cultura.

Circundada por uma espessa vegetação rica em flora e fauna, a cidade guarda uma grande diversidade gastronômica e cultural, além de suas belas paisagens, formadas pelas junções de rios, várzeas e floresta.

Durante a famosa vazante surgem as belas praias fluviais com areias brancas e águas escuras, não muito longe o visitante pode curtir as ilhas do Pacoval, das Onças e das Guaribas.

O Folclore é considerado a maior manifestação cultural do Brasil. A partir de 12 de junho os folguedos juninos começam a se apresentar nas quadras das escolas e no Bumbódromo, considerada uma arena divina.

São Quadrilhas, Cordões de Pássaros, Xaxados e Bois-Bumbás trazidos pela migração nordestina no início deste século. O concurso se estende até o dia 25 de junho, dando lugar a disputa do Caprichoso e Garantido, ideologias que dividem a cidade ao meio e que aqui, tomaram características próprias com a miscigenação indígena.

Fotos:

Joel Arthus

Artigos Relacionados