Oriba cria ação manifesto para falar sobre impacto do fast fashion em plena Black Friday

Através da Transparent Friday a marca propõe reflexão e orienta o consumidor sobre o consumo desenfreado

 

A Oriba, marca paulista de Slow Fashion, entra na Black Friday para causar um impacto positivo no planeta. “Todo ano nossos clientes nos perguntam se teremos alguma ação e sempre respondemos que sim, mas de uma maneira diferente. Esse ano nos unimos ao lab de criatividade Napoleão e criamos um manifesto para fazer as pessoas refletirem”, comenta Paulinho Moreira, sócio fundador da marca. A Transparent Friday acontece de 23 a 28 de novembro nas lojas físicas e online da label e os descontos, aplicados em produtos selecionados, representam numericamente o impacto negativo do fast fashion no planeta.

O projeto foi construído de forma colaborativa e descentralizada, identidade do lab, que tem como principal objetivo conectar jovens talentos à grandes marcas. “Transformamos as percentagens presentes em diferentes relatórios de sustentabilidade em descontos para captar a atenção do consumidor de uma forma completamente diferente”, comenta Gus Machado, co-fundador do Napoleão.

Água, material sintético, pesticida, reciclagem e condições de trabalho são algumas das palavras que farão parte da ação. Com elas o consumidor vai liberar tanto um desconto, quanto uma informação. Por exemplo, para ter 7% de desconto, pode ser usado “condições de trabalho”,  visto que somente 7% das marcas de fast fashion dão boas condições. “Nós fazemos parte da indústria da moda, ainda estamos longe do ideal da sustentabilidade, mas realmente tentamos evoluir e causar um impacto positivo, tanto na sociedade, quanto no planeta”, aponta Paulinho.

Não é a primeira vez que a Oriba lança uma campanha ou manifesto com o objetivo de fomentar mudanças na indústria. No começo do ano a label divulgou o blueprint de como produzir camisetas 100% sustentáveis com algodão brasileiro, encorajando pequenas e grandes marcas a, de fato, adotarem a responsabilidade socioambiental. Em um momento em que o greenwashing fica, cada vez mais, nos holofotes, é preciso olhar para a produção responsável. Na Oriba é possível encontrar peças com algodão orgânico plantado na Paraíba, jeans sustentável – que tem 98% de água utilizada no processo tratada e devolvida ao meio ambiente -, plástico reciclado e outros materiais com cadeias de produção que respeitam o meio ambiente.

Dirigidos por Ohana Ribeiro e com direção de fotografia de Dariely Belke, o manifesto conta com 6 filmes que se apropriam da linguagem fashion, mas trazem um contraponto com projeções e números para revelar os impactos do fast fashion.

Oriba

https://www.oriba.com.br/

@oriba

Artigos Relacionados