O poder do Sono – durma e aprenda!

Oi leitores assíduos da Em Visão Digital tudo bem? Eu sou o Dr Leonardo Soá – Cirurgião Plástico e a partir de hoje bateremos mensalmente um super papo por aqui de uma forma bem dinâmica e de fácil entendimento, abordando sempre vários assuntos interessantes. Para estrear nossa coluna escolhi este tema que aborda o nosso tão necessário e importante “sono”. Que é fator primordial para termos uma importante qualidade de vida. Confiram espere que gostem:

Entender as fases do sono mudará sua vida!

Arpoador – Rio de Janeiro

Já parou para pensar que essa vista maravilhosa no arpoador poderia te ajudar nos próximos dias exaustivos de trabalho?

As imagens e informações retidas ao longo do dia são processadas à noite, ao se deitar, nas fases profundas do sono. Então imagina ter uma noite de sono confortável com essa bela e tranquila imagem em seus sonhos, de plano de fundo, levando aquela tranquilidade que o seu cérebro necessita para armazenar informações. Tranquilidade essa, que diminui os níveis de cortisol (hormônio do stress) e facilita a liberação de todos os hormônios fundamentais á homeostase e ao bom funcionamento do nosso corpo.

Guarde essa linda vista junto com aquele som reconfortante das andorinhas e do mar batendo nas pedras. Some a isso tudo o vento que sentia em seus cabelos. Sim, isso é poderoso e pode ajudar na retenção de informações indispensáveis, tais como: cálculos, informações, nomes, datas ou conceitos estudados ao longo do dia. Mas como isso é possível Dr.? Calma que eu explico. Eu já irei responder, mas posso garantir que a minha experiência em alta performance, ministrada meus cursos de aprendizado, ou até mesmo na minha preparação pessoal onde obtive aprovação de primeira nas mais difíceis residências médicas, faz com que eu esteja preparado para te ajudar! Vai dizer que nunca aconteceu com você, certa vez, acordar às 4 horas da manhã, sentar-se à cama e… Eureka! Lembrei onde guardei a chave! Sabe aquela tabela periódica que você já cansou de estudar a vida toda? Pois bem, o cientista russo Dmitri Mendeleev madrugou, vários dias sem sucesso, para tentar reunir todos os elementos químicos, mas só após um cochilo sonhou com uma tabela na qual todos esses elementos se encaixavam. Nasce a tabela periódica! Paul McCartney ouviu a melodia completa de Yesterday em um sonho, despertou e tirou a música no piano. Kekulé, um famoso químico alemão, sonhou com uma cobra mordendo o próprio rabo e no dia seguinte descreveu a estrutura anelar peculiar do benzeno (ganhou o prêmio Nobel de química). Bohr certa vez ao dormir viu os elétrons e o núcleo do átomo como um sistema solar. Veio então a descoberta da estrutura do átomo, o que também o fez ganhar o prêmio Nobel.

O sono em si é o período que o cérebro separa o que é importante do trivial, apaga as memórias irrelevantes e guarda o essencial atuando de forma significativa no aprendizado.

Em 2007 pesquisadores da universidade de Harvard e de McGill realizaram um teste com alunos dando uma prova após 12h de estudo. O grupo que estudou à noite e realizou o teste na manhã seguinte, depois de uma boa noite de sono, acertou 93%. Já o grupo que estudou de manhã e fez o teste à noite, sem uma noite de sono, acertou apenas 69%. Após 24 horas todos repetiram o teste e o grupo do sono teve mais vantagem ainda.

Como isso é possível? O sono é dividido em diversas fases e cada uma tem um papel na construção do aprendizado. Confiram:

Fase 1- Ponto de partida do sono, apenas o Start.

Fase REM- Fase importantíssima. Se estiver estudando química, física ou matemática, onde se exige muito da capacidade em detectar padrões, melhor ficar acordado até mais tarde e dormir um pouco mais pela manhã apertando o botão soneca. Sim, acredite em mim, deixe o galo gritar até não aguentar mais e ficar rouco.

Fase 2- Aprendizagem motora (ex: música ou atletismo) treinadores que fazem seus atletas dormirem apenas 5h, tiram a onda longa que temos antes de acordar, e tiram a possibilidade de ter o momento que o cérebro estaria consolidando uma nova habilidade aprendida no dia anterior. 

Fase 3 e 4- ondas lentas (sono profundo), onde se acontece a retenção. Indivíduos que tem dificuldade de chegar nessas fases são privados da capacidade integral da lembrança para fatos que recém aprendem: vocabulário, fórmulas, nomes e datas. Durma no horário de costume e tente acordar cedo para revisar os principais pontos.

Cochilo também conta!!! Sarah Mednick da University of California, descobriu que cochilos de cerca de uma hora a uma hora e meia muitas vezes conseguem atingir as fases profundas e o sono REM. Aqueles que estudam de manhã vão 30% melhor quando fazem um teste à noite se tiverem tirado um cochilo de uma hora.

Sabemos agora, das diversas fases do sono, que consolidam e filtram as informações de forma singular. O sono profundo (primeira metade do sono) é melhor para reter fatos concretos (um nome que o seu chefe mandou guardar, datas, fórmulas ou conceitos). Se necessita realizar algum teste ou reunião importante no futuro, se concentre em dormir no horário habitual e pule da cama cedo para revisar as informações. É comprovado que o resultado será melhor! Já se precisa aprimorar alguma atividade motora ou pensamentos criativos (ciência, redação ou até mesmo matemática – interpretar e resolver problemas) sabe-se que as fases do sono responsáveis por tal ocorrem no final do sono, nas primeiras horas da manhã. Então se você irá participar de um recital de música, uma competição de atletismo ou precise de pensamento criativo a ciência indica que pode ficar acordado até mais tarde praticando ou estudando e e não deve acordar mais cedo!

Se você for se matar de estudar ou se preparar para alguma reunião no trabalho, espero que esse artigo possa te ajudar. Até nosso próximo assunto aqui no portal mais querido da amazônia ! Grande abraço!!

Artigos Relacionados

Keila Karvalho e Elton Quintas