O Lórax: um livro sobre consciência ambiental para crianças

Nós adultos temos o hábito inoportuno de não conversar sobre assuntos importantes ao amadurecimento dos nossos pequenos. Por vezes, nos esquivamos de temas que julgamos densos demais à compreensão das crianças. Falar sobre assuntos que geram reflexão e despertam questionamentos, em muitas vezes, é um tabu na maioria das famílias. Mas, esquecemos de algo crucial quando tomamos essa ação: estamos formando adultos despreparados para enfrentar a vida e ter a sabedoria de resolver problemas e se posicionar de forma consciente e coletiva perante à sociedade.

A literatura infantil, em sua grande maioria, provoca. E quando dizemos isso, estamos falando sobre a capacidade que ela tem de gerar perguntas e, algumas vezes, nós pais somos os encarregados de fornecer essas respostas. Isso incomoda. E incomoda tanto que por vezes deixamos de ler um livro para nossos pequenos porque sabemos que com ele imergirão centenas de questões.

Cabe falar sobre consciência ambiental para crianças?

Os noticiários não escondem. Posters nos muros noticiam: O planeta precisa de cuidado. As escolas quase que em unanimidade reforçam as medidas que precisamos tomar urgentemente para salvar nosso futuro de um colapso ambiental. Fingir que isso não existe é tapar o sol com a peneira. É quase querer fugir da vida real, é tentar colocar fantasia onde necessitamos da parte real. Isso não quer dizer que precisamos ser duros realistas quando tratamos o tema meio ambiente com as crianças. Isso quer dizer que, em alguma medida, precisamos discutir com elas sobre comportamentos pró-ambientais, sobre consumo consciente, sobre consciência coletiva.

Dr. Seuss, um publicitário lá da década de 1960, nos ensina que é possível rechear esse diálogo de imaginação e o adequar à compreensão dos pequenos. Ao lançar O LóraxDr. Seuss impactou positivamente a sociedade, incomodou, provocou e por isso sua obra repercute até hoje. Não é à toa que este é o segundo livro do autor enviado pelo Clube Leiturinha!

O Lórax

Autor: Dr. Seuss
Editora: Companhia das Letrinhas

Nessa magnífica já referida obra de Dr. Seuss, a história é contada através de rimas. Mas a voz a qual soa essas rimas não é tão calma ou suave assim. Quem fala é o Eraumavez, um pobre coitado que acabou destruindo toda uma floresta em prol da sua ganância. Ah, e para contar essa história não podemos esquecer do pobre Lórax, aquele que fala em nome das árvores. Se em alguma parte da história o Eraumavez tivesse o ouvido, o final não seria triste assim. Mas, há uma esperança!

Fonte: https://leiturinha.com.br/

Artigos Relacionados