IBAPE realiza nesta terça-feira um workshop para discussão sobre temas ambientais

Nesta terça-feira (10/11) às 18:30 h acontecerá em Manaus o Workshop Amazonense de Engenharia, Avaliação e Perícia Ambiental. Este evento reunirá diversos especialistas nesta área com o intuito de discutir sobre temas relevantes à preservação ambiental. Além disso, este workshop é voltado aos entusiastas desta nobre causa, sendo certamente uma excelente oportunidade para agregar conhecimentos importantíssimos sobre o assunto.

Quatro temas foram selecionados para discussão em uma mesa redonda onde, ao final, os participantes terão a possibilidade de tirar dúvidas, levantar questões ou fazer colocações afeitas aos assuntos.  Os temas são os seguintes:

  1. Oportunidades da perícia ambiental no planejamento, nos serviços ambientais e na responsabilidade socioambiental.
  2. Licenciamento ambiental: a Lei, os gargalos, e as soluções para obras e projetos.
  3. Participação do Ministério Público Federal.
  4. O papel da Engenharia e a Responsabilidade Ambiental da Iniciativa Privada.

Neste dia também será lançado o projeto Câmara Técnica Ambiental, coordenado pelo Engenheiro Agrônomo Ronaldo Santos e formada por membros do IBAPE com alta experiência e formação na área. A partir de agora, danos ambientais causados por iniciativas privadas ou públicas, serão acompanhados mais de perto, contendo discussões e apresentando soluções em perícias para os mesmos.

“O evento servirá de lançamento de criação da Câmara Ambiental, uma iniciativa da Diretoria do IBAPE frente às novas demandas que as Engenharias tem enfrentado numa sociedade cada vez mais preocupada com o uso sustentável dos recursos naturais”, revela Gustavo Merolli, presidente do Instituto.

Quanto às funções desta câmara destacamos: a  interligação de assuntos que tenham correlação com a produção de conhecimento técnico na área ambiental, realização de discussões internamente no IBAPE e externamente com a sociedade sobre o assunto, elaboração de Pareceres e Notas Técnicas –  quando o tema envolver as Engenharias e a proteção ou uso adequado dos recursos ambientais e atuação com instância de consulta em questões de alto relevo da atualidade: como danos, passivo e degradação ambiental, recuperação de áreas degradadas, licenciamento e mitigação ambiental, mercados de ativos ambientais, economia ambiental, entre outros.

De acordo com Ronaldo Santos, as áreas tecnológicas, nas quais estão as Engenharias, não podem mais esperar que os danos ambientais ocorram ou somente se preocupem com o licenciamento ambiental. As Engenharias precisam se aproximar mais do tema, pois é possível antecipar-se aos eventos e propor soluções viáveis antes que ocorram multas ou danos mais severos aos ativos ambientais – e, ao fim e ao cabo, ao patrimônio das empresas e dos investidores. Aqueles que somente “apagam o fogo” ficarão pra trás, pois a legislação e o mercado demandam cada vez mais responsabilidade socioambiental.

O evento ocorrerá no auditório do IPOG, localizado no prédio do Plaza Shopping, na Djalma Batista. Além do IBAPE, apoiam o evento o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia – CREA, o Sindicato dos Engenheiros – SENGE-AM e do Instituto de Pós Graduação – IPOG.  A entrada é franca.

Artigos Relacionados