Festival de Parintins poderá ser assistido ao vivo de qualquer parte do Brasil pelo aplicativo Foto: Folha Vitória

Festival de Parintins deste ano poderá ser acompanhado ao vivo via aplicativo de celular

“Plataforma pode ser baixada por usuários do Google Play e da Apple Store e também está disponível na internet. Por meio do app, evento poderá ser assistido de qualquer parte do Brasil”

O tradicional Festival Folclórico de Parintins, no Amazonas, poderá agora ser acompanhado ao vivo de qualquer parte do Brasil, por meio de um aplicativo de celular. A plataforma “A Crítica Play”, que pode tanto ser baixada por usuários do Google Play e da Apple Store, já está disponível ao público.
 O aplicativo foi desenvolvido para hospedar o conteúdo da TV A Crítica, do Amazonas, e terá a transmissão do Festival de Parintins como seu pontapé inicial. O app poderá ser acessado via celular e também no computador, pelo site www.play.acritica.com .

Por meio da plataforma, poderão ser encontrados conteúdos, como clipes dos bois Caprichoso e Garantido, e informações para que as pessoas possam conhecer Parintins e sua história.

“Já que o App poderá ser baixado de todo o Brasil, tivemos que adotar essa linguagem e explicar para quem está de fora do estado o quão grande é Parintins. Do Festival, vamos colocar as apresentações individuais dos itens no aplicativo, os amantes do boi vão poder rever todos os grandes momentos separadamente, como rituais e lendas. Mas também teremos a transmissão ao vivo”, destacou o coordenador do departamento de novas mídias da RCC, João Artur Vieira.

De acorco com o diretor de tecnologia da RCC, Raphael Santana, a cor da identidade visual da Rede teve que ser adaptada para o App. “Para o lançamento em Parintins, tivemos que fugir da nossa base azul e adotamos um cinza, um tom mais neutro, que não causasse problema de conteúdo com os bumbás”, diz.

O festival

O Festival de Parintins, que se tornou um dos maiores divulgadores da cultura do estado do Amazonas, é uma apresentação a céu aberto de diversas associações folclóricas. O ponto mais importante do evento é a disputa entre dois bois folclóricos: o Boi Garantido, de cor vermelha, e o Boi Caprichoso, de cor azul.

Durante as três noites de apresentação, os dois bois exploram as temáticas regionais como lendas, rituais indígenas e costumes dos ribeirinhos através de alegorias e encenações.

Com informações de A Crítica

Fonte: A Crítica

Artigos Relacionados