Fake News – Por Walderian D’Ávila

Com o advento da internet o mundo está ficando cada vez mais globalizado os sites e as redes sociais tem ajudado nisto, notícias são propagadas em tempo real aos acontecimentos o que é muito bom mais existe um outro lado negativo disto.

Ao mesmo tempo existem também notícias fabricadas uma das grandes preocupações do mundo digital são as notícias falsas as “fake news” que denigrem tornando aparentemente verdade eventos forjados com o intuito de prejudicar empresas ou pessoas.

As notícias falsas são implantadas em sites por meio de aplicativos são compartilhadas em grupos e se propagam como verdadeiras pragas incontroláveis fazendo com que as pessoas acreditem no que estão lendo.

Dicas para detectar notícias falsas:

· Escolha sites respeitados de jornalistas idôneos evite os blogs sensacionalistas nem toda publicação é verídica quase sempre não primam pela seriedade e apenas republicam conteúdos;

· Preste atenção no endereço eletrônico do site existem alguns mal intencionados que tem nomes semelhantes a grandes sites por isso confira a URL e verifique se é a mesma do site oficial

· Verifique a notícia em sites de busca como google por exemplo, certifique-se que a matéria está em outros endereços de autores confiáveis e com boa reputação cheque se o nome que autor usa para assinar é o mesmo da sua identificação e não de pseudônimos ou se o autor realmente existe e não se trata de um robô muito usado nestes casos;

· Pesquise outras notícias do site que está visitando, leia matérias antecedentes se elas ressaltam a veracidade dos fatos ou se cometeram erros que mais tarde foi provado que se tratavam de notícias falsas caso positivo ignore o conteúdo.

Senso crítico é a arma para combater as “fake news”, a dificuldade de identificar notícias deturpadas afetam diversos setores da sociedade, a educação virtual é um instrumento importante para um crivo de informações falsas no noticiário pois a maioria das pessoas não conhecem os meios pelos quais pode ser manipulada a internet uma cultura de questionamentos é fundamental.

Artigos Relacionados