FEBRACE 2022 - Reprodução.

FEBRACE 2022 - Reprodução.

Estudantes do Amazonas recebem dois prêmios na FEBRACE 2022

Projeto desenvolvido por estudantes da cidade de Manacapuru conquistou o 4º lugar na categoria Ciências Exatas e da Terra.

O protótipo de um sistema contra a Covid-19 no ambiente escolar, usando Arduino, foi um dos destaques na cerimônia de premiação da 20ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE), que ocorreu no último sábado (26/3). O projeto recebeu dois prêmios: 4º lugar na categoria Ciências Exatas e da Terra e Destaque Unidades da Federação. Foi desenvolvido pelos estudantes José Victor da Rocha Maciel, Sarah Barros de Almeida e Felipe Lima de Souza, da Escola Estadual Nossa Senhora de Nazaré, da cidade de Manacapuru (AM), sob a orientação dos professores José Victor Bezerra Teixeira e Galileu da Silva Pires.

A FEBRACE é a maior feira brasileira pré-universitária de ciências e engenharia em abrangência e visibilidade. Seu objetivo é estimular a cultura científica, a inovação e o empreendedorismo na educação básica e técnica, despertando novas vocações nessas áreas e induzindo práticas pedagógicas inovadoras nas escolas.

Nesta edição, a mostra contou com 487 projetos finalistas, sendo que três eram do Amazonas. Os projetos foram desenvolvidos por 1.081 estudantes do ensino fundamental, médio e técnico de 333 escolas de todo o País, sob a orientação de 626 professores.

O processo de avaliação envolveu mais de 300 mestres e doutores da USP e de universidades parceiras — inclusive professores e especialistas brasileiros que estão atuando em outros países, num total de 6.403 avaliações.

Os autores dos melhores projetos, nas diversas categorias, receberam troféus, medalhas, bolsas de Iniciação Científica Júnior do CNPq e cursos, num total de 273 prêmios e oportunidades no Brasil e no exterior.

Artigos Relacionados