Especialista em liderança palestra em Simpósio na Amazônia
Como é importante cantigas do folclore na infância
Videoclipe é gravado com o cenário do Museu da Cidade pela banda ‘Zona Tribal’
A poderosa advogada
O Ídolo manauara
Nutricionista da Nova Geração
O barbeiro da elite manauara
Climate Week – Soluções são apresentadas para o combate às mudanças climáticas no Amazonas
Pousada Amazônia Park & Suítes em Novo Airão
DICAS DE 10 APP´S PARA EDITAR FOTOS E VÍDEOS DOS SEUS FILHOS
Café Armazen296 promove evento com exposição de fotografias e música
Mato Grosso: pousada flutuante Salto Augusto
A diferença entre Leiturinha e PlayKids Explorer
Você contribui para as mudanças climáticas?
5 tradições que você nem sabe que são simpatias
Peças handmade: crochê, bolsas artesanais e elementos naturais na moda
Escalada no meio da selva amazônica
previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

7 coisas que você precisa saber sobre a Amazônia

By  |  0 Comentários
Compartilhe nas Redes Sociais

A maior floresta tropical do mundo guarda grande biodiversidade, está localizada no maior estado do Brasil e ocupa o território de mais oito países: Peru, Colômbia, Venezuela, Equador, Bolívia, Guiana, Suriname e Guiana Francesa. Em 2009, foi considerada 7 Maravilhas da Natureza pela Fundação Sete maravilhas do Mundo Moderno.

1. Os “índios” não são todos iguais

Popularmente denominado como “índios”, a população indígena na região se distribui ao longo do estado e possuem tradições, mitos e valores diferentes uma das outras. As etnias mais encontradas são Tikuna, Guarani-Kaiowá, Yanomami (que também ocupa o território do Estado de Roraima), Sateré-mawé, Mundurucu e Mura.

Existem ainda as “Novas Aldeias”, formadas por índios de diversas etnias que se desligaram de suas tribos de origem indo buscar interação com a vida na cidade. Em não conseguindo a adaptação nos centros urbanos, criam um tipo de “Nova Aldeia” , um pouco distantes das cidades grandes, mas com possibilidade de acesso para que as crianças estudem, para alguns tentarem trabalho. Uma destas comunidades indígenas está localizada no Rio Tarumã.

Além da população indígena estão muito presente os ribeirinhos, denominados caboclos. Oriundos de miscigenação de brancos e índios, boa parte deles vive  da produção de mandioca e borracha.

2. O Rio Amazonas não nasce no Amazonas

A nascente do rio Amazonas é na cordilheira dos Andes, no sul do Peru. Quando adentra o território brasileiro é denominado Rio Solimões e finalmente, em Manaus, após a junção com o Rio Negro, recebe o nome de Amazonas.

Antes de se unirem, as águas dos dois rios correm lado a lado por aproximadamente 12 quilômetros sem se misturarem. O fenômeno ocorre devido a diferença de temperaturas, densidade e velocidade destes rios. Presenciar a beleza dos dois rios e o encontro das águas é simplesmente maravilhoso! 

3. Comidas que você nunca provou (mas deveria!)

As frutas do norte são uma atração à parte e por lá se faz de tudo: pão de tucumã, sorvete de graviola, chocolate de cupuaçu, vinho de açaí, doce de araçá-boi, licores de camu-camu. E tem alguns alimentos um pouco mais conhecidos pelo país como a fruta do conde e o palmito pupunha!

 

4. 80% da água doce do planeta está na Amazônia

Você já se perguntou quantos rios tem na Amazônia? A região tem mais de mil afluentes. Os rios por lá possuem cores diferentes por causa das substâncias e nutrientes encontrados nas suas composições. Os rios de água preta, por exemplo, são ricos em ácidos húmicos e fúlvicos, resultados da decomposição do húmus no solo, é o caso do Rio Negro. Já os rios de águas claras contém pouco ácidos e nascem dos escudos cristalinos, por exemplo o Rio Tapajós. Os rios de águas barrentas provém de regiões montanhosas proporcionando esta coloração, o Rio Amazonas está nessa categoria.

 

5. Muitas lendas do folclore brasileiro tem como cenário a Amazônia

O folclore faz parte do imaginário do brasileiro. Quem nunca ouviu histórias contadas pelos avós e professores de mulas sem cabeça, menina que se apaixona por boto, um moço travesso com os pés para trás e um outro moço também travesso que pula com um pé só?

A lenda do boto cor-de-rosa, que vive nos rios da Amazônia, e nas primeiras horas da noite se transforma num lindo jovem que seduz jovens solteiras. O boto conduz seus encontros para o fundo do rio, onde engravida as moças.

A lenda do Curupira narra a história de uma entidade que protege a fauna e a flora da floresta. O Curupira é conhecido por ter os pés voltados para trás.

Já as lendas com figuras femininas, tem-se a da sereia Iara que atrai os homens pelo seu canto e por sua beleza e a lenda da Vitória Régia. Nessa lenda, a Lua era um deus que namorava índias. Uma delas, a jovem guerreira Naiá se apaixona pela Lua e , numa noite, vendo a lua refletida nas águas se aproxima demais do lago e morre afogada. Comovido pela situação, o deus Lua transforma a jovem na flor Vitória-régia que sobrevive sob as águas.

 6. A terra das cachoeiras fica na Amazônia

Se você acha que já conheceu cachoeiras suficientes é porque nunca viu as da Amazônia. Na cidade de Presidente Figueiredo, ao lado de Manaus, é possível encontrar 159 cachoeiras, 7 corredeiras, 9 cavernas e grutas. Por lá, tem-se as opções de prática de esportes como rapel, rafting, tirolesa, bóia-cross, caiaque, arvorismo e trilhas na selva.

7. Os animais das da fauna amazônica vão além de macacos e araras

Nos rios tem cerca de três mil espécies. Os principais peixes da região amazônica são tucunarés, surubins, piranhas, jaús e tambaquis. Na terra, habitam aproximadamente 300 espécies de mamíferos entre onça pintada, anta, lobo guará, veado, capivara, lontra e tatu. Sem falar dos répteis como jacarés, tartarugas e cobras. Nos ares, centenas de papagaios, araras, maritacas, garças, tucanos, pardais, gaviões e corujas.

Viva esta experiência! Conheça esse paraíso internacional!

 

Fonte: https://www.freeway.tur.br/blog/7-coisas-amazonia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.